Pc Alvalade, 6 - 2oF S2, 1700-036 LISBOA, PT
+351 21-7827150

“Mineracao” de criptoativos

Existe por ai muita falta de compreensao sobre em que e’ que consiste exactamente a “mineracao” (mining) de criptoativos/criptomoedas.

Ha’ por exemplo quem considere que “mineracao” apenas se aplica ‘as criptomoedas (ou criptoativos) que gastam energia electrica (ou seja, apenas aos criptoativos que usam algoritmos Proof of Work como metodo de consenso) e acham que o uso de qualquer outro algoritmo de consenso (Proof of Stake, por exemplo; ou Proof of Authority; ou Proof of Space; ou muitos outros) nao consiste em “mineracao”.

O termo “mineracao” foi de facto mal escolhido e um infortunio. E gerador de muita confusao.

Em que e’ que consiste entao a “mineracao”? Simples: “mineracao” sao as comissoes que alguem recebe por contribuir com recursos para suportar uma determinada rede “blockchain”, isto e’, para suportar um determinado criptoativo/criptomoeda.

Nas moedas reais/fiat, os bancos cobram uma comissao por procederem ‘a realizacao e registo de transacoes financeiras, usando para isso computadores e bases de dados centralizadas.

Nas moedas cripto(ativos) qualquer pessoa pode contribuir com algo (computadores, memoria, disco, etc) para a realizacao e registo de transacoes cripto (numa qualquer base de dados blockchain) e por isso recebe comissoes. Chama-se a isso “mineracao” (mining).

No caso de criptoativos que usam algoritmos “Proof of Work” (por exemplo, Bitcoin ou Ethereum), isso de facto implica equipamento especializado que consome grandes quantidades de energia. E ha quem apenas considere este caso como “mineracao” (mining).

Mas ha outros criptoativos, suportados em diferentes blockchains e usando diferentes algoritmos de consenso, que nao implicam equipamento especializado nem implicam o consumo de grandes quantidades de energia. E que, no entanto, nao deixam de gerar comissoes ou remuneracoes que, na nossa opiniao, nao deixam de poder ser  considerados como “mineracao” (mining).

Na Maverick, para alem da gestao de portfolios de investimento em criptoativos, temos tambem operacoes de “mineracao” (mining), ou seja, contribuimos tambem para a operacao de varias redes blockchain, recebendo por isso comissoes nos respectivos criptoativos. Nao fazemos mineracao de Bitcoin; mas fazemos por exemplo mineracao de Ethereum; qualquer uma delas necessitando de equipamento especializados e grande consumo de energia.

Mas, para alem disso, temos tambem operacoes de “mining” (mineracao), ou seja, operacoes de suporte a outros criptoativos, que nao passam por equipamento especializado e grandes consumoes de energia. Nomeadamente temos posicoes em varios criptoativos que usam o algoritmo Proof of Stake. Este tipo de criptoativos gera comissoes pelo simples facto de se imobilizar uma determinada quantidade de criptoativos ao servico da blockchain em causa.

Assim, para os nossos clientes com menos apetencia pelo risco e que nao desejam ter um portfolio mais ou menos diversificado, com mais ou menos risco, temos a possibilidade de garantir uma remuneracao fixa investindo nesses criptoativos.

Neste momento temos operacoes de “staking” (como lhes chamamos, por serem moedas que usam o algoritmo Proof of Stake) em:

  • Cosmos (ATOM)
  • Tezos (XTZ)
  • Irisnet (IRIS)
  • Loom Network (LOOM)
  • Horizen (ZEN)
  • Algorand (ALGO)

O investimento em qualquer uma delas tem um retorno garantido de 5% ao ano (no criptoativo em causa). Aos nossos clientes oferecemos, por isso, a possibilidade de investirem nestes criptoativos, prestando os servicos de conversao, aquisicao e staking dos mesmos, com um minimo de risco e com remuneracao fixa.

Leave a comment